Descrição do Blog

O Blog da Empregada Doméstica, é uma sugestão onde você empregada doméstica e empregador podem encontrar dicas de contratação, de entrevistas, de limpeza, de organização, de culinária. Seja portanto bem vindo (a) ao nosso blog!

Tradutor

23 fevereiro 2014

Como organizar a rotina de cuidados com aves domésticas

Criar aves não é uma tarefa difícil, mas, como com qualquer animal de estimação, alguns cuidados são indispensáveis e devem ser seguidos passo-a-passo para que a ave não sofra em cativeiro. Confira, abaixo, os cuidados básicos
Como escolher e equipar o alojamento 
  • Os alojamentos para pássaros são classificados em: gaiolas e viveiros. 
  • As gaiolas são os recintos pequenos, feitos de madeira e/ou de arame, redondas, quadradas ou 
    retangulares e geralmente fáceis de transportar.
  • Os viveiros são grandes e fixos, possuindo as mais diversas formas.
  • São comumente feitos de alvenaria, tela ou grade de arame.
  • A escolha entre viveiros e gaiolas vai depender do espaço de que você dispõe e do que pretende reproduzir.
  • Nos viveiros, é possível reproduzir praticamente todas as espécies.
  • Nas gaiolas isso será dificultado pelo tamanho e, em alguns casos, pela constante necessidade de limpeza.
  • Para aqueles que querem apenas ter pássaros para ouvir seu canto ou admirar-lhes a beleza, a gaiola é a melhor opção.
  • O local para colocá-la não oferece muitos problemas, pois ela pode ser mudada sempre que for necessário por motivos de temperatura, vento, chuva, sol, dia ou noite.
  • Uma gaiola de criação, entretanto, nunca deve ser removida.
  • Por isso, se o que você quer é a reprodução em cativeiro, arranje um lugar em que as gaiolas fiquem em definitivo sem que você tenha de tirá-las nem mesmo para limpeza ou troca de água e alimentos.
  • Os viveiros têm particularidades especiais: sua construção é como a construção de uma casa e vai depender de vários fatores, especialmente do tamanho e da topografia do terreno. Neles, haverá sempre um toque especial que os fará diferentes de todos os outros.
  • Existem gaiolas especiais para os diversos tipos de pássaros.
  • Aves canoras, como o Curió e o Bicudo, geralmente são colocadas em gaiolas de madeira do tipo "piracicaba".
  • Para pássaros maiores, como o Sabiá, o Pássaro-preto e o Corrupião é usado um tipo de gaiola maior, conhecido pelo nome genérico de "gaiola para sabiá".
  • Existem também gaiolas próprias para papagaios e para canários (este último tipo é conhecido como "gaiola argentina" e tem 63 cm de comprimento, 32 cm de altura e 27 cm de fundo).
  • Dependendo muito mais da utilização do que do tamanho, as gaiolas recebem nomes especiais: de adorno, avoadeiras e de criação.
 Acessórios para gaiolas 

Além de poleiros, ninhos e folhagens artificiais, as gaiolas devem ter os seguintes acessórios: 

  • Comedouros-bebedouros externos: usados apenas para alimentos secos, podem também servir de bebedouro. Devem ter a tampa removível para facilitar a limpeza.
  • Bebedouros externos: encontrados em vários tamanhos. Por terem a boca pequena são muito usados para se colocar a solução de néctar.
  • Comedouros e bebedouros internos: alguns comedouros e bebedouros são específicos para gaiolas de arame. Outros podem ser usados em qualquer tipo de gaiola ou viveiro. Os modelos fechados são adequados para pássaros que gostam de ciscar e esparramar alimentos.
  • Porta-vitaminas: são pequenos recipientes fixados externamente, específicos para ração de criação.
  • Banheiras: são feitas de barro, louça ou plástico. Não devem ser muito fundas, caso contrário os pássaros não irão tomar banho. Podem ser usadas como comedouro de frutas ou papas.
  • Saias para gaiolas: são usadas para evitar que a sujeira caia fora da gaiola.

Como limpar a gaiola 

  • Manter a gaiola limpa é a ordem principal para proporcionar à ave uma vida saudável. 
  • Os itens necessários para a limpeza são: escova, espátula, escovilhão (para os bebedouros), esponja, luvas de borracha, detergente e desinfetante.
  • Limpe diariamente o fundo da gaiola e faça a troca de jornal.
  • Uma vez por semana faça uma limpeza mais completa, desinfetando desde à armação aos recipientes.
  • Depois lave e desinfete os tabuleiros, o bebedouro e a própria gaiola.
  • No fim, passe tudo por água limpa e fresca para evitar que fiquem resíduos dos detergentes (certifique-se também que estes não contêm elementos nocivos para as aves).
  • Atenção: Durante a limpeza, mantenha a ave em outra gaiola.

Como pegar a ave 

  • O primeiro contato com uma ave pode ser um pouco difícil.
  • Ao tentar pegá-la, ela se mostrará assustada e tentará bicar.
  • Para pegar numa ave pequena, espere que ela pouse, baixe a mão sobre ela calmamente e envolva as asas com a palma colocando o pescoço entre os seus dedos.
  • Deste modo, a ave se sentirá mais segura e evitará lesões. Em aves de maior porte, como papagaios, o recomendável é usar as duas mãos e que estas estejam sempre protegidas com luvas grossas.
  • Se ela tentar dar bicadas é porque se sente apertada. Neste caso bastará aliviar um pouco a pressão das duas mãos para que a ave se acalme.

Como estabelecer contato 
  • Durante alguns dias, mantenha a ave sozinha para que ela se habitue ao novo ambiente.
  • Com calma e paciência, ofereça alimento através das grades.
  • No início, é provável que ela rejeite e até tente fugir.
  • Com cuidado, ponha a mão dentro da gaiola, tentando aos poucos fazer um agrado no pescoço. Quando a ave se sentir confiante, poderá empoleirar-se nos seus dedos.
  • Em algumas aves, como os papagaios, por exemplo, será possível tirá-las da gaiola e passear, mas faça este treinamento em local totalmente fechado, ou certamente ela tentará fugir.
  • Faça este treinamento todos os dias.

Como alimentar a ave 

  • Além de sementes, grãos, rações, frutas e alimentos vivos, é necessário fornecer aos pássaros outros tipos de alimentos, como verduras, frutas e papas. Muitas sementes nativas devem ser usadas na alimentação dos pássaros.
  • Nos últimos anos, alguns países estão abolindo a semente de girassol devido o excesso de gordura, que geralmente, provoca inchaço anormal do fígado e outras anomalias.
  • A dieta básica das aves está sendo substituída, em muitos países, por grãos de diversas espécies de feijão, molhados poucas horas antes de serem ministrados às aves, para ficarem mais moles.
  • Usam-se também ervilha, grão-de-bico, milho (deixado de molho na água de um dia para outro), milho verde, cenoura, frutas diversas picadas, ração para cães, sementes (alpiste, painço e girassol, de vez em quando), aveia descascada, arroz em casca, verduras, brotos, pinhão etc. Confira, abaixo, as sementes preferidas de cada espécie.

* Canários de cor, de porte e de canto: alpiste, painço, aveia descascada, níger, colza, nabão, linhaça 
* Emberezídeos, Fringilídeos, Estrilidídeos e Cardinalídeos: alpiste, painço 
* Pintassilgos: alpiste, níger 
* Periquitos australianos, tuins, agapórnis e calopsitas: girassol, alpiste, painço, aveia descascada, arroz com casca. 


Atenção! 



Apanhar passarinhos diretamente da natureza e mantê-los presos é crime ambiental, previsto na Lei 9.605/98. A multa prevista é de R$ 500,00 por ave, podendo chegar a R$ 5 mil se a espécie constar da lista de animais ameaçados de extinção. Nesses casos, o infrator pode ficar preso de seis meses a um ano.
Pela legislação, qualquer pessoa com mais de dezoito anos pode ser um criador legalizado, desde que os passarinhos tenham nascido comprovadamente em cativeiro de um criador registrado no Ibama. (Fonte: Ibama). 

Fonte: http://www.organizesuavida.com.br/.

4 comentários:

  1. Hoje em dia não tenho que ter esses cuidados, pois ah muito tempo já deixei de cria-los. Não pelo trabalho mais por conta de sempre ter que está fora do domicílio em viagem.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lu! realmente os animais domésticos exigem muita atenção e cuidados e companhia tambem. Eu tenho um peixinho e dois cachorros e pra onde vou tenho que levar. Grande abraço!

      Excluir
  2. Excelente postagem tenho uma calopsita e sempre procuro dicas de como melhorar sua qualidade de vida. As dicas de limpeza são ótimas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Patricia! Obrigada pela sua visita. Parabens pela calopsita, elas são lindas e fofas e nos encantam pela sua beleza alem de ser as amiguinhas inseparáveis. Grande abraço!

      Excluir

Obrigada pela sua visita ao Blog da Empregada Doméstica.